domingo, novembro 16, 2008

Urano conjunção Sol

Quando ele chegar, me cobrirei de verdades provisórias e terei asas nos pés cansados. Serei abraçada pela coragem da ventania. Cortarei todos os meus pêlos crescidos. Esses que diariamente pensam sobre a minha cabeça alada e me impedem de partir pra longe. Meus fios serão transformados em saudosas lembranças. E livre de posses, marcarei peles. Dançarei um tango sobre a neve fresca da Terra do Fogo ao entardecer. Grávida de mim, aquário imenso, vou lamber o sêmen doce do meu acaso. Correr solta com o vento, atrás de cura para as lágrimas secas. Vou me perder num beijo do planeta difuso. Eu, submersa e incontínua. Serei apenas letra exposta sobre o teto estrelado do mundo, quando Urano chegar.





Urano Conjunção Sol - do final de abril 2009 até meados de dezembro 2010.

3 comentários:

PHEU disse...

Oi Paty como vai? Faz tempo que não passo por aqui e vc já passou no blog? Falando em astrOs,..ei, qdo vc vai tirar as cartas para mim, hein??? Temos que combinar né? Não fala que esqueceu,.pleaseee. bjs e ótima semana!

Camila disse...

rsrs "um tango sobre a neve fresca da terra do Fogo" é tipo branco com vermelho, fiquei imaginando uma pessoa dançando tango na neve...

Larissa disse...

Ainda ei de ver toda essa ternura vivenciada nesses olhos grandes e redondos, gravida de si, cheia de amor! Ainda ei de ver...