sexta-feira, janeiro 08, 2010

A mesma praia. O começo me abraça. Posso ficar no mar até todos os meus dedos ficarem velhos. Eu não tenho medo das rugas. Eu tenho medo de gente!

Um comentário:

Ylian disse...

"Debaixo d'água ficaria para sempre, ficaria contente
Longe de toda gente, para sempre no fundo do mar
Mas tinha que respirar"