quinta-feira, outubro 04, 2007

Um cálice sujo na beira da mesa

Restos de vinhos jogados pelo chão... E eu sobrando no cálice, esperando tua mão. Sei que estou com uma rachadura e com muitas marcas passadas ... Ando assim, desajeitada, calada, encostada na beira da mesa. Olho de mansinho pra baixo, morrendo de vontade de pular. Pular no seu pescoço, te amarrar na minha vida , te deixar sem saida. Eu, um cálice transparente, sujo de vinho tinto no fundo. Estou esquecida na beira da mesa. E você boceja alto, se entrega a um sono profundo e manda uma mensagem qualquer para uma outra mulher. Suja de cíumes na beira da mesa. Sei que pulo não tem volta, que ele só pode ser dado uma vez. Mesmo assim me atiro, e começo a voar devagar. Não para o seu pescoço, pois esse já foi embora à francesa, mas para um chão de tacos imundos. Lá estou eu, em mil pedaços! Laquinhas de vidro pra todo o lado! Quebra-cabeça de mim mesma. Fiz um estrago, um som maravilhoso e agora, apenas espero seus aplausos sobre a minha queda-livre. Quem sabe assim, em forma de mosaico, eu chame a sua atenção? Vai, junta os meus pedaços. Pedaços sujos de vinho e cíume. Tenta me remontar. Ou então, pega uma lasca, a mais afiada, e me leva contigo. Para noites de solidão, você me ter como arma branca nas tuas mãos...

6 comentários:

Armazém de Knetas disse...

Mande uma carta, escrita,para ele. Como faziam os antigos!
bjs

Salve Jorge disse...

Cálice
Cale-se
Ou cale
Se cabe
Oca ali
Alissia
Vicia
Fácil
Hábil
Cálice
Cale-se...

A Riscar disse...

Eu amo voce. E poder espiar por esse buraquinho, olhar pra esse monte letras, palavras, retratos de menina-moca, eh um prazer imenso. Ajuda a matar um pouco da saudade.
Pois o artista eh a arte pra qual da vida. Se a tua arte chega ate mim, amiga, eh porque estas viva, intensa e proxima!

Beijos mil. E parabens pelos versos inspirados.

Luciana disse...

Ah amiga se eu fosse ele juntava o mosaico e guardava como uma verdadeira obra de arte, pq nesse mundo pessoas ardentes, com sede de vida estão em escassez. Bobo ele q deixa o vinho derramado, um dia ele se arrependerá ao notar que vai estar com sede e daria tudo por um gole a mais.

Bad Brain Machine disse...

"que a taça seja sempre suja de um bom vinho amargo e doce como o seu babe"

Pelos Olhos disse...

Melhor coisa a se fazer:

WHAT AM I TO YOU?