sexta-feira, novembro 11, 2011

Eu anoto tudo no corpo para que depois vire poema.

Nenhum comentário: