sábado, março 20, 2010


Numa atitude libertária, ela assopra. Doa teus pedaços para o mundo. Redondas, embaladas para presente. Sem se preocupar com o endereço certo, ela acredita que devem espalhar qualquer beleza necessária para a tua cidade cinza. Sim, é preciso, antes de tudo, colorir. Não só de uma cor, mas com todas as nuances da palheta. Com uma transparecia onírica. Pequenos arco-íris particulares. Gentilezas, apenas elas, para presentear o acaso e explodir algumas vidas por ai.

2 comentários:

Guilherme disse...

"Gentilezas, apenas elas, para presentear o acaso e explodir algumas vidas por ai."

Isso ficou belíssimo...gostei muito..

Só o mais novo frequentador do seu blog...

bjs

beto,,, disse...

achei lindo e genial "pequenos arco íris particulares.