quinta-feira, agosto 20, 2009

Em 15 dias, um computador novo.

4 comentários:

Um turista vagal perdido no bosque disse...

Ta lindo isso aqui. Deu até pra sentir a brisa. Mas perdi todas as oportunidades de espiar vossa senhoria nos palcos. Hum. Fazer o quê? O cidadão médio e pedestre(por opção) precisa fluir até um beco sem saida. Disse "FLUIR" por entre alamedas quilometricas de arvores frondosas até a lagoa dos gansos exilados. E na Praça dos Três acender pelo menos um, refletir, com os botões do eterno pijama, e chegar a brilhante conclusão de que tudo isso é muito legalzinho mas não vai parar na estação certa, não. A senhora Zabé da Loca toca pifano na oca da esplanada, a senhorita Patricia del Rey espera (ou não) em Ceilândia e você, vacilão, perdeu...Hum. Tem outra chance? Ou vou passear um pouco mais a minha ignorância por outros becos? Eu levo um bispo, prometo! E o diploma de Bom Menino assinado por Jesus Himself la do estacionamento exclusivo de Nosso Senhor passa-o-visamem...;)Beijão!

Patrícia Del Rey disse...

Turista Interessante,

Me perdi nas arvores quilométricas, tomei banho de chuva e a escutei uma voz querida pelo telefone. Fluir é um bom verbo. E mesmo que eu tente, não é possível fugir do inevitável. Por isso, aceito o bispo e o diploma...rs

beijos

Um aristocrata preocupado com o estado das coisa disse...

La esta! O insolente de chapeu comprimentando a Justiça, o Executivo e o Congresso. Bate as cinzas dum cigarrinho suspeito no chão da praça, abre uma maleta, descola uma bazuca, puxa, prende, aponta e não é que o filho da puta acerta o Desk da Picanha ? Haaaaa Foi sem querer. La vai então o anarquista puxar, prender, apontar outra bazuca e PEC ! Acerta bem no meio do Empresarial Center Personnalité. Que lastima. Mas por favor colaborem. O insolente anarquista tem um refeitorio de bazucas na maleta. Mil sugestões? Não?

Beijos e muitas chuvas procê menina bonita

Insolente Anarquista VIP disse...

Invasão dos Tomates Assassinos VII no Empresarial Center Mega Plus !!! Eu quero ver titia!

Queroqueroqueroquero!

PEC!!!

Queroquero no more.